Matéria Extra: Desenhos "bons e ruins"

Matéria Extra.
Desenhos "bons e ruins"
E também, Mangá é estilo mesmo? 

Visite meu deviantart.


Nesta matéria irei usar exemplos de outros artistas para 
explicar o assunto, o blog não tem o intuito de lucrar financeiramente com o
uso das imagens.
   
  Olá galera tudo tranquilo?

  Semana passada recebi muitos comentários e opiniões muito boas sobre o blog, então obrigado aos leitores do blog.

  Gostaria de avisar que essa matéria vai ficar grande, então se prepare para ler.

  E apesar de não ter nada muito prático o assunto que vou abordar é de grande importância.

 Todos que desenham devem ter ouvido ou lido algo como "esse desenho é muito  bom" ou "esse desenho é uma porcaria" estou errado?

  Então o que é um desenho bom e um desenho ruim?

  De verdade como aquele padre lá diria "Isso nom ecxiste!"

Isso ai malucão!

  Desenho é arte, sendo arte não tem como você dar uma crítica tão simples dizendo "isso é bom" ou "isso é ruim" falar isso de algum desenho ou de alguma arte é algo extremamente superficial e infantil.

  Vamos pensar em alguns pintores famosos.


- Mas que bosta de desenho é esse Haw minha irmãzinha desenha algo melhor que isso.
- Ou Otakinho tira essa touquinha ridícula e vai ler um livro de arte! Isso pra sua informação é uma pintura de Van Gogh, o nome da obra é Vicent's Room.

   Esse exemplo que mostrei aqui é um fato real, certa vez eu ouvi uma pessoa falando mal de Van Gogh, Picasso e etc. É claro que dava pra perceber uma carga cultural muito baixa na mente daquele indivíduo e é sobre isso que eu quero falar aqui.

   Quando dizemos que um desenho é bom ou ruim, será que estamos realmente vendo tudo no desenho? Ou estamos deixando nos levar por preconceitos?

  É muito simples julgar o trabalhos dos outros quando se tem pouca informação sobre o que estamos falando, como dizem " a ignorância é uma bênção" mas de verdade não é nada legal você dar uma crítica boa ou ruim sobre algo que você não conhece.

- Certo Haw, mas o exemplo que você deu é de um quadro inestimável uma obra de arte, e nos estamos em um blog sobre mangá certo?
- Exatamente minha amiga fã de Clamp, e estamos falando sobre obras de arte também!

  Enquanto HQs, Mangás, Gibis, Graphic Novel, Livros Ilustrados, Charges, Cartoons e Tirinhas não forem tratados como obras de arte elas nunca serão! E quem deve tornar elas obras de arte não são os críticos renomados de museus e faculdade e sim o público em geral!

 E pense bem qual o motivo desses exemplos citados a cima não serem obras de arte? 

 Se você parar para pensar não existe motivo algum! Todos são obras de arte.
 
 Leonardo da Vinci e seus estudos de anatomia humana.
 ( Sim ele assim como você também estudava anatomia, 
se bem que ele usava cadáveres de verdade D:  )

- Então o que é uma obra de arte?

Se você procurar em sites como Wiki, blogs, ou até mesmo fazer uma pesquisa rápida no google vai encontrar quase sempre a mesma explicação mas escrita de forma diferente.

"Arte é a manifestação de ordem estética e comunicativa, realizada a partir da percepção das emoções e das ideias com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra."

 Então vamos traduzir isso.

Estética. 1 Estudo que determina o caráter do belo nas produções naturais e artísticas. 2 Filosofia das belas-artes. 3 Harmonia das formas e coloridos.

  Bem ai complica, pela explicação então tudo aquilo que achamos feio deixa de ter padrões estéticos e assim não faz mas parte da arte... será mesmo? 
  
 Mas o Feio e o Belo não é uma questão cultural? Padrões estéticos não mudam de região para região... 

 Essa definição de "ordem estética" é algo superficial, por isso mesmo existem diferentes classificações para obras de arte e cada uma vai se encaixar em um padrão estético, não que isso seja uma lei imutável.

 Esses padrões estéticos  mudam com o tempo, por exemplo o que uma pessoa do período renascentista iria dizer ao ver uma obra da pop arte?
  
 Então antes de cair em contradição dizendo que algo é feio ou bonito, pense antes se você está se perdendo em seus preconceitos.

 A parte que diz "percepção das emoções e das ideias com o objetivo de estimular as instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra." Essa é a melhor parte pois ela define exatamente o que é uma obra de arte.

Obra do grande mestre H.R Giger.

  Uma obra de arte tem que se comunicar com a pessoa que está vendo ela, transmitindo alguma mensagem, as vezes essa mensagem está explicita, e as vezes não.

 Cabe ao "espectador" receber essa mensagem e traduzir ela com alguma forma de emoção ou ideia.

  É ai que as pessoas são pegas, se uma obra de arte é feia mas a sua intenção era exatamente mostrar o feio, então pronto ela já passou a ideia e a emoção para o espectador cumprindo o seu objetivo primário.

  Essa parte não é difícil de entender. E é ai então que podemos dizer que: Sim Mangás, HQs, Graphic Novel e etc são obras de arte pois, elas transmitem uma mensagens ao se comunicar com o leitor/espectador e causam emoções e ideias no mesmo.

 Ou vai me falar que você nunca sentiu nada lendo uma HQ ou um Mangá? Complicado não é mesmo...

Grande Mestre Tezuka-san.

Mas então Mangá e um estilo de desenho?
 
  
 Então nessa parte eu gostaria de dizer algo que vai deixar a galera com um pouco de raiva, e contrariada. (Principalmente os mais tradicionalista e mimizentos)

 Mangá não é estilo.

- Ai você forçou a barra Haw!
- Eu sei, eu sei grande fã de Sailor Moon, mas eu vou tentar explicar.

Pesquisando na internet, Mangá em Japonês (em Chinês os kanjis são os mesmos mas se pronúncia de outra forma) se designa a quaisquer histórias em quadrinhos.

Ao pé da letra então mangá e a mesma coisa que gibi para nos aqui no Brasil.

Ficou difícil de entender então vamos lá.

V de Vendenta no Japão tanto pode ser chamado de grafic novel como mangá, assim como as HQs da Marvel, DC e etc. Mangá e a palavra que define historia em quadrinhos. 

Não acredita em mim? Então vai no google e escreve:  漫画 (kanjis para mangá em japonês e mànhuà em chinês ambos com "mesmo significado") e coloca na frente o nome de qualquer produtora de quadrinhos por exemplo, marvel ou dc.

漫画 ou Mangá não é definição de estilo oriental de fazer ou de se desenhar HQs, os ocidentais que definiram isso como "estilo de desenho japonês" (e olha que a palavra tem origem tanto chinesa quanto japonesa).

 Mas isso ficou tão bem fixado na mente dos ocidentais que pronto uma palavra que apenas definia historias em quadrinhos acabou virando também uma palavra para definição de estilo de desenho.

- Mas Haw e dai? Já que isso ficou tão bem fixado na mente das pessoas porque não deixar tudo como está ?
- Bem meu amiguinho fã da Shounen Ace, isso causa um grande problema quando tentamos explicar para alguém que não conhece Mangá.

 Um exemplo clássico de quando alguém vê um mangá é faz infeliz comentário: 

 -AH! Mangá sim eu conheço, são aqueles desenhos com olhos grandes e cabelos espetados, com meninas de uniformes escolares e putaria pra todo lado, e tem aquele negocio dos cara soltando kamehame ha e mimimi mimimi mimi mimimi mimi.

 Quem nunca ouviu isso? Isso é um tipo de mente superficial que simplesmente pegou a ideia básica sobre algo e pronto transformou ela em ideia principal.
  Quem conhece os HQs orientais sabe muito bem que eles não se resumem apenas a olhos grandes, cabelos espetados e etc. 


                                             Sanctuary. autores Sho Fumimura e Ryoichi Ikegami.
 
  Por exemplo, Sanctuary, cadê os olhos grandes e os cabelos espetados, essa obra de arte está ligada totalmente ao estilo acadêmico de desenho, pronto onde está o seu mundinho que "mangá é só um tipo de desenho" ?

Posso citar mais exemplos?


Vagabond: Autor Takehiko Inoue.

   Se eu fosse dar mais e mais exemplos aqui a matéria ficaria enorme por isso vou parar por aqui nessa parte (mas calma ainda não acabou).

   Pronto acabo de colocar uma pulga atrás da sua orelha, será que mangá realmente é um estilo de desenho? Ou será que só foi um modo dos ocidentais definirem as HQs vindas do mundo oriental (em especifico vindas do Japão)?

   E para deixar claro eu sei que existem os diferentes generos de HQ oriental tais como os shounen, o shoujo, seinen, josei e por ai vai.

Posso estar me contradizendo e isso seria legal, pois assim estaria aprendendo mais.

 O que quero dizer com tudo isso é que você que está estudando "mangá" não deve se prender apenas a um estilo de desenho e colocar ele como seu padrão de estético de desenho bom, mangá não é um estilo de "desenho Japonês" nos ocidentais que definimos tudo isso dessa forma superficial.
 Essa definição é tão ruim para quem está estudando que as vezes a pessoa tem um traço muito bom mas por estar fora dos "padrões de estética mangá" ela acaba se perdendo nos estudos.
 E dependendo do lugar os padrões "mangá" podem ser até mais taxativos se você pesquisar no wiki em inglês a palavra "mangá" a definição é que são: quadrinhos japoneses feito por japoneses no idioma japonês.
 Pronto se você não é japonês você nunca será um mangaka perante tais definições.

  Uma outra coisa que eu detesto quanto a essa definição é que a maioria das pessoas que querem desenhar mangá, querem somente publicar suas historias no Japão, isso é ridículo, não há como competir com eles sem nem mesmo ter conquistado o público interno, e há muitos concursos e eventos de quadrinhos no nosso país, e eles não tem o mínimo preconceito quanto ao estilo de desenho, o que eles querem é ler e consumir as historias. Então por que não dar uma chance para nossos eventos e para nosso público? (e não, não estou falando desses eventos e concursos furados exclusivos de "mangá" estou falando de eventos e concursos sérios)




Ilustração de Mel Kishida.

- Então onde você quer chegar com tudo isso Haw?
- Boa pergunta fã de Gundam Wing.

Eu quero quebrar paradigmas, quero abrir a mente de vocês que tem interesse em estudar o "mangá"  que apenas estudar o estilo de desenho oriental não vai melhorar suas técnicas de desenho, ficar no arroz com feijão não vai sustentar seu estilo.

E também quero destruir os preconceitos de que.

  • HQ não é uma forma de arte.
  • Mangás são desenhos com personagens de olhos grandes e cabelos espetados.
  • Outros meios de arte não vão ajudar a melhorar meu estilo de desenho.
  • Mangá deve ter um padrão estético rigoroso.
  • Desenhos para serem bons devem obedecer o meu padrão de estética o resto é descartável. 
  • Devo somente dar atenção a concurso e eventos com o tema "mangá" .
  • Meu único objetivo é publicar no Japão.
 Esse tipo de preconceito é algo que não deve existir de forma alguma.

 Lembre-se  também que: Uma obra de arte deve transmitir uma informação que lhe cause alguma emoção ou ideia e que padrões estéticos são superficiais. Se o desenho por exemplo tem pouca técnica mas te transmitiu alguma emoção seja qual for, ele cumpriu seu papel.

 É claro que existem padrões muito mais rigorosos que os críticos de arte aplicam antes de dizer isso ou aquilo de uma obra de arte, mas isso é mais para agregar valor financeiro do que cultural. E eu não vou discutir isso aqui.

- Certo Haw, entendi, mas não deixa de ser verdade que existem desenhos bons e ruins?
- De novo vou chamar o padre!


Valeu pela ajuda!

O que vai definir um desenho bom de um desenho ruim?

Pense um pouco...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
....
......
........
..........

E então? Conseguiu alguma resposta?

Se você for pelos preconceitos irá dizer:

Um desenho ruim é um desenho feio... mas feio não é um padrão estético, e estética não é um padrão que muda conforme o tempo e região?

Um desenho ruim é um desenho com pouca técnica.... mas mesmo com pouca técnica ele não te transmitiu uma emoção e uma ideia?

Quem não ri do Shin-chan?

  Você pode ficar muito tempo pensando e não vai encontrar uma resposta clara e objetiva para taxar um desenho de bom ou ruim, mas você pode muito bem dizer:

"Esse desenho (ou obra de arte) me agrada, mas aquele não."

  Isso se torna uma visão pessoal, é uma ideia transmitida pela obra, se ela te agrada ou não tudo bem a opinião é sua e isso é algo natural e plausível, seu  ego deve gostar de algumas coisas e não irá gostar de outras, mas o seu ego não pode taxar uma obra como algo ruim ou bom de tal forma que influencie as pessoas ao redor, a opinião sobre a arte deve ser individual,  uma pessoa pode gostar mais de desenhos fofos, e outra pode achar melhor um desenho mais sombrio.

- Quer dizer então que eu posso ter a minha opinião sobre uma obra de arte?
- Mas é claro fã de One Piece, eu nunca disse que não poderia!

 O que é ridículo é olhar um desenho de relance, mal analisar a obra e dizer.

- Puts isso dai está uma merda!

Ou

- Ai que desenho lindo!
 
 Tanto o comentário negativo ou positivo estão superficiais e vocês sabem que isso acontece demais no mundo (no nosso país mais ainda, mas isso se deve a má qualidade da nossa educação).

 E com isso todo esse rodeio eu queria chegar no ponto chave de nossa extensa conversa para isso eu vou chamar meu grande mestre.


- Me chamaram?

Salvador Dali disse uma bela frase:

"Não se preocupe com a perfeição - você nunca irá consegui-la."

 Por mais que você estude, por mais que você se dedique a sua última preocupação é a perfeição, apenas desenhe, esqueça os preconceitos sobre desenhos bons e desenhos ruins, deixe de lado esses paradigmas eles não existem.

   Sua técnica pode ser simples, mas pode transmitir muito mais emoção do que um desenho complexo. 

 A complexidade sobre uma obra de arte é tão grande quanto a própria mente humana, você realmente tem de se deixar levar pelas emoções e ideias que elas te passam, isso só vai trazer mais e mais informações para sua mente.

 Não estudem apenas mangá que não é um estilo como eu disse, estudem arte em geral, saiam da zona de conforto e procurem algo novo, há muito a se ver sobre arte, e a arte tem muito a nos oferecer.

 Quando for estudar anatomia por exemplo, não se prenda apenas ao estilo acadêmico, procure ver outros estilos, como anatomia helênica, cartoon e etc.

 Ficar de mente fechada não é bom para nada na nossa vida, não apenas na arte mas em nada mesmo, participem mais de eventos que não tem o tema mangá como principal assunto, visitem exposições de HQs, e de cartoons, o Brasil é um gigante nessa área.

Enfim eu poderia ficar aqui escrevendo e escrevendo sobre esse assunto mas espero que eu tenha conseguido atingir meu objetivo causando desconforto na mente de vocês. 

Para finalizar mais uma frase do grande mestre Salvador Dali.




Isso ai galera desculpem escrever tanto, e infelizmente eu não consegui dizer tudo o que queria mas vamos continuar essa conversa, mais matérias extras virão.

Obrigado, até a próxima terça com a matéria sobre personagens "fofos".

Até mais.

Share this

Related Posts

Lembre-se eu vou ler seu comentário, apenas pense antes de escrever.

Contato

ricardohaw@gmail.com

Latest Post

Creative Commons

Licença Creative Commons
O trabalho Como Desenhar-mangá de Ricardo Haw está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://comodesenhar-manga.blogspot.com.br/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://comodesenhar-manga.blogspot.com.br/.