Como publicar minha historia Sr. Haw?

Matéria Extra.

Como publicar minha Historia em quadrinhos Sr. Haw?

Já sabe né passa lá no meu Deviant Art pra me dar aquela abraço.

Sinal de alerta, matéria extensa chegando prepare-se para ler.

 Eai galera tudo tranquilo? Notaram pequenas diferenças no blog?

 Antes de começar a matéria gostaria de falar sobre as pequenas mudanças no blog.

 A primeira é o domínio próprio, agora o site passa a ser comodesenharmanga.com, isso não muda nada para você leitor mas ajuda a melhorar as visitas aqui no blog.

  A segunda mudança, o site não tinha anúncios, agora coloquei poucos anúncios da j-list que vende muitos materiais de ótima qualidade para quem quer desenhar.

Agora voltando a matéria.

  Eai então você finalmente cruzou a barreira do amadorismo e quer seguir carreira profissional nos desenhos certo? Agora quer deixar de ser um jovem Padawan para finalmente ser um Jedi ou um Sith sei lá. 

 Calma muita deve ter você.

 Ainda existe algumas barreiras, pequenas mas importantes para que você possa publicar sua historia.

- Bem Haw, mas eu já tenho vinte paginas da minha HQ aqui prontinha o que eu devo fazer? Imprimir elas e sair distribuindo na rua?
- Olha meu amigo fã da Vertigo não é má ideia, desde que você consiga um lucro nisso tudo, a ideia é valida.

Para facilitar a vida de vocês eu irei falar sobre tipos de publicações, e registros de historias.

Tipos de publicações.

  • Independente.
  • Em conjunto ou parceria.
  • Através de editoras
  Ambas podem (independente/parceria) ser digitais ou impressas, aqui eu vou dar um pequeno atalho das coisas que eu sei sobre esse tipo de publicação cabe você continuar a sua pesquisa no nosso amigo google para complementar as informações passadas aqui.

Publicação Independente. 

 O nome já diz tudo, a publicação vai partir do próprio autor, ele vai bancar todos os custos de criar, imprimir e distribuir as revistas, meu camarada Luciano Salles é um exemplo, ele que bancou tudo em sua obra, desde a criação até a distribuição da revista, alias muitas coisas que vou passar aqui no blog  foram coisas que eu aprendi na oficina que ele fez no Sesc aqui da minha cidade.

 O site do Luciano Salles é esse. dimensaolimbo.com

- Poxa Haw isso parece ser bem caro!
- Bem calma ai meu amigo fanático por Gurren Lagann, eu já vou falar sobre isso.

Sendo um autor independente você vai ter que trabalhar ( e muito ) para vender seus quadrinhos, quanto ao preço você sempre tem que pensar na sua margem de lucro, afinal se você não tiver um retorno sobre a venda do seu trabalho no final só terá prejuízo e não terá como bancar sua próxima HQ!

O que deixa uma revista potencialmente cara é o material utilizado para fazer ela, vamos colocar um exemplo de preços que eu levantei essa semana para a impressão de uma revista que eu estou fazendo.

Os valores que estou colocando aqui foram cotados apenas para uma única revista, geralmente quando se faz em grande quantidade o preço acaba diminuindo bem, para isso o melhor é pesquisar na internet valores de impressões.

Uma revista com 40 paginas terá 20 laminas no tamanho A4 (laminas são as paginas impressas frente e verso, abertas) esse número de páginas feitas em papel couché 70m/g² em preto e branco ficaria em torno de R$20,00, um preço alto para apenas uma revista.

Essa mesma revista com o mesmo número de páginas no mesmo tamanho impressas em folha sulfite 70m/g² ficaria em  R$1,80 uma diferença enorme de preço! Porém com um material de qualidade muito inferior.

Lembre-se que eu não contei a capa e a contra capa, além de outras coisas com acabamento da revista e etc. 

Se você for ser um autor independente tem de pensar em todos esses valores e na sua margem de lucro que deve ser no ideal de 100% ou seja se a revista  custou R$10,00 para ser feita você deve vender ela no mínimo por  R$20,00 para não ter prejuízo e poder continuar a publicar suas revistas.




 E existe outro porém, você mesmo que vai ter que cuidar da distribuição do material e da venda, ou seja todo o trabalho vai partir de você, é importante pensar nisso, pois no momento que você estiver vendendo não poderá estar criando, é bom se programar e se organizar para isso!

-  Poxa Haw, mas de verdade eu não tenho nenhum capital para começar a publicar minha historia e agora?
- Calma ai meu amigo fã e vivente de Binbou shimai monogatari! 

Existem sites que ajudam as pessoas a publicar suas historias um deles é o catarse.me/pt, mas não pense que a galera vai sair do nada dando dinheiro para você publicar sua historia! Leia o site direitinho e aprenda como eles podem te ajudar.

Outra forma de publicar sua historia é através de grupos, amigos ou pessoas interessadas em publicar se juntam para fazer uma revista em conjunto isso é bem comum de acontecer. E vou falar sobre isso agora.

Publicação em Conjunto ou Parceria!

O nome novamente diz tudo, você e mais uma galera se unem para derrotar as forças do mal... pera não era isso....

Voltando. <<<<

Você e mais uma galera se unem para publicar uma revista, todos os interessados em ter a sua ideia publicada juntam um dinheiro para colocar a revista em circulação, isso vai se parecer mais como uma empresa, e trabalhar em equipe é um pouco complicado,  então  deve se ter muito comprometimento de todos os participantes para dar tudo certo.

Com o valor e tarefas divididas tudo fica mais fácil, mas lembre-se que o lucro também será dividido entre os participantes e é ai que o caldo entorna cuidado.

Revistas em conjunto possuem regras criadas pelo próprio grupo, essas regras podem ser sobre que tipo de historia pode ou não entrar na revista por exemplo, e também sobre os valores a serem usados para que a revista seja feita.

Publicação através de editoras.

Talvez você pense que seria mais fácil então entregar sua historia para uma editora  publicar todo seu trabalho, a ideia é ótima afinal a editora vai cuidar de tudo para você, desde a impressão até mesmo a distribuição da sua obra, sem falar que a venda será bem mais alta do que de forma independente/parceria.

Mas lembre-se a editora é uma empresa, e ela vai querer a parte dela nas vendas da sua historia, eu realmente não sei quanto é a margem de lucro que ela  repassa para o autor da HQ, o importante é pesquisar isso, a grande  vantagem é que usando uma editora você não vai precisar parar de criar para vender sua historia, a desvantagem é que o lucro pode ser menor.

Editoras não aceitam todo tipo de trabalho, por isso é bom enviar o seu melhor trabalho para eles darem uma olhada.

A editora que eu conheço que faz esses tipos de publicações aqui no Brasil é a Newpop, entra lá no site deles e se informa! newpop-editora.com

Existem outra milhares de editoras por isso o legal é entrar em contato com elas com o seu trabalho já finalizado.

- Legal Haw, mas eu morro de medo de roubarem minha historia sobre ninjas que usam latas na testa!
- Olha nosso amigo fã de Naruto voltou, bem nesse caso o melhor é registrar sua historia!

Registro de historias.

Existem enésimas  maneiras de se registrar uma ideia ( porém registrar uma ideia é algo ridículo na minha opinião ) a melhor maneira de se registrar uma HQ é através do ISBN.

O que é o ISBN?

 (copiado do próprio site da ISBN)

Criado em 1967 e oficializado como norma internacional em 1972, o ISBN - International Standard Book Number - é um sistema que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país e a editora, individualizando-os inclusive por edição.

O sistema é controlado pela Agência Internacional do ISBN, que orienta e delega poderes às agências nacionais. No Brasil, a Fundação Biblioteca Nacional representa a Agência Brasileira desde 1978, com a função de atribuir o número de identificação aos livros editados no país.

 O ISBN registra também HQs, afinal elas também são obras, para isso existe um valor de registro, todas essas informações estão no site da ISBN, depois de registrado seu livro ou HQ ganha um código de barras o que vai facilitar mais ainda a venda de sua obra independente, pois algumas lojas especializadas em HQ geralmente não aceitam obras sem o código de barras.

  Depois existe um segundo registro de Catalogação da sua obra feita no site da Câmara  Brasileira do Livro, no site existe todas as explicações para o que serve e qual a importância da catalogação.

Site da ISBN.

isbn.bn.br

Site da Câmara Brasileira do Livro.

cbl.org.br


Se houver alguma dúvida sobre esses registros eu aconselho a entrar em contato com o site deles, como eu disse antes, estou apenas fornecendo um atalho para vocês, cabe a vocês complementarem as informações aqui pesquisando tudo na internet.




- Ok Haw, mas realmente minha grana está curta, há outra maneira de publicar minha historia?
- Sim com toda certeza amigo e fã do Gato Felix.


Publicar uma historia de forma on line é uma boa saída para mostrar seu trabalho para todos, o site ISSUU hospeda revistas em formato .pdf, eu publiquei minha historia Tales of Ink no Issuu.



O único chato é montar o arquivo em .pdf, mas isso é uma opinião pessoal.

Existem muitas outras formas de publicação on-line é só pesquisar.
 
Também existem grupos que se dedicam a publicar suas historias na internet, como por exemplo a POPCAKE que tem historias com tema mais feminino.

(alias vou falar mais sobre o trabalho da POPCAKE em outras matérias!)

Aqui o link da POPCAKE.

POPCAKE

E também a conexão nanquim que também está fazendo um ótimo trabalho de publicação.

Link deles.

conexção nanquim

Entre em contato com eles para tirar suas dúvidas!


Algumas informações extras!

Bem galera, publicar uma historia não é algo difícil, da um pouco de trabalho sim, escolher a maneira que você quer publicar é o último passo na verdade.

Antes de querer sair publicando sua historia você deve ter no mínimo finalizado ela, não adianta sair entrando em contato com grupos de publicação on line ou editoras com um trabalho pela metade, eles não vão te dar atenção e com razão!

Não seja mala em ficar entrando em contato para tirar duvidas simples, pesquise e pesquise muito na internet antes de enviar um e-mail, ficar enchendo a caixa de e-mail de editoras e grupos é algo que vai te marcar como "autor mala" e quando você for querer publicar algo de verdade vai ser mais difícil ainda.

Procure pedir revisões de seu trabalho para pessoas que sabem bem as regras de português (ou inglês caso sua historia seja bilíngue), revisão é algo de extrema importância, por exemplo minha historia só foi revisada por eu mesmo, no final há alguns pequenos erros de ortografia que só fui perceber mais tarde, isso é comum de acontecer se não há alguém para revisar sua historia.

Antes de sair gastando dinheiro com impressões da sua revista pesquise preços de gráficas, os valores mudam muito e também é bom saber se alguém vai realmente querer comprar seu trabalho.


 
 Considerações finais.

Publicar uma revista em quadrinhos é o sonho de quase todo desenhista/autor, para se fazer isso é necessário uma boa pesquisa e contatos, muitos contatos, sempre tente participar de oficinas sobre o assunto, não fique preso apenas ao tema Mangá procure saber de tudo sobre o mundo dos quadrinhos afinal como eu já disse mangá não é estilo de desenho, é apenas uma outra forma de se falar revista em quadrinhos!


Quando finalmente seu trabalho estiver pronto, peça revisões, e procure saber a opinião das pessoas sobre sua historia, isso vai dizer qual onde você pode melhorar antes de sair por ai gastando dinheiro atoa.

Não seja mala! Essa é a regra numero um de todos os ilustradores e autores, não fique entrando em contado pedindo para publicar uma historia que ainda nem existe, quando tudo estiver pronto e revisado eu tenho certeza que as editoras e grupos estarão dispostas a olhar a sua obra.

Se informe quanto ao registro da sua historia, existem muitas formas de registrar uma obra.

E o mais importante, participe sempre de eventos e oficinas, lá você vai aprender muito mais, fazer uma historia em quadrinhos não é apenas saber desenhar bem, isso é apenas uma parte de algo muito maior.

Isso ai galera, tudo isso que eu falei aqui foi um atalho para você começar a sua pesquisa na internet.

Gostaria de agradecer ao camarada Luciano Salles que passou informações de grande importância sobre registros de obras na oficina do Sesc. Relembrando o link do site dele: http://www.dimensaolimbo.com/

Também queria agradecer a Yumi Moony, autora de Sigma Pi, ela passou algumas informações sobre a revista POPCAKE. Link do site da Yumi:

http://www.sigmapi-project.com/ e também relembrando o link da revista POPCAKE: POPCAKE

E claro agradecer a Yash do blog Little Fennec que sempre me ajuda a revisar a matéria do blog, o link do site dela é o seguinte:

http://littlefennec.wordpress.com/

É isso ai galera até semana que vem!

Share this

Related Posts

2 comentários

comentários
18 de março de 2014 10:29 delete

Este post me ajudou muito, já estou com minha historia definida agora só falta finalizar. Seus desenhos são muitos bons, parabens!

Reply
avatar
18 de março de 2014 10:50 delete

Olá Rômulo.

Obrigado por continuar seguindo o blog, fico feliz que eu tenha lhe ajudado, lembre-se de buscar mais informações pois essa matéria é apenas um atalho para muitas outras informações sobre registro de historias. Boa sorte finalizando sua historia. E obrigado pelo elogio.

Reply
avatar

Lembre-se eu vou ler seu comentário, apenas pense antes de escrever.

Contato

ricardohaw@gmail.com

Latest Post

Creative Commons

Licença Creative Commons
O trabalho Como Desenhar-mangá de Ricardo Haw está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://comodesenhar-manga.blogspot.com.br/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://comodesenhar-manga.blogspot.com.br/.