Pesperctiva parte 2. Planos e perspectiva tonal.

Matéria Avançada.

Perspectiva parte 2.

Planos e perspectiva tonal.

Visite meu Deviantart.


  Olá novamente galera. 

  Hoje vou atender o pedido de duas leitoras do blog a Yash e a Scarlet obrigado as duas pela ideia de continuar o assunto sobre perspectiva.

  Na primeira matéria eu falei um pouco sobre os triângulos imaginários que usamos para desenhar objetos em perspectiva.

  Agora vou falar sobre planos em perspectiva e perspectiva tonal, é um assunto que eu acho simples mas extenso e pode ajudar muito a formular melhor o desenho.

 Então vamos começar a explicar os planos.

  
  


 -III lá vem ele com esses desenhos toscos.

- O moleque vai lá ver o milionésimo episódio de Naruto vai.

 Bem continuando, planos em perspectiva  são infinitos, não se limitam apenas a quatro planos como no exemplo, lembrando que planos se sobrepõe ou seja um fica na frente do outro (errrr).

 No esquema acima temos quatro planos:

1- Fundo
 2-Cenário
 3-Objeto (no caso um gato vesgo)
 4-Cenário novamente.


A ordem pode mudar, isso depende do que você quer desenhar, e também depende do tema da obra (sim obra afinal HQ também é arte)

 No esquema acima o tema da obra será o gato vesgo, então temos que dar destaque a ele e fazer com que o cenário fique de fundo sem chamar atenção do espectador.

 Para explicar melhor eu fiz um desenho onde irei explicar tudo isso.

 - A vei para olha que bosta de desenho.

- Ou moleque vai ver um hentai da Hinata e deixa a galera estudar em paz beleza?

 Esse desenho simples tem muito a dizer para quem tem duas dificuldades:

 1- Criar cenário.
 2- Perspectiva frontal.

 Criar cenário não é tão complicado, o importante é saber onde colocar os elementos, como no desenho acima o tema do cenário seria um campo, então temos o céu, o fundo com morros as árvores gramas e pedras, que são coisas que encontramos na natureza, em uma cidade por exemplo teríamos prédios, casas, ruas, carros e pessoas.

  Nenhum segredo até aqui. 

 A perspectiva frontal é quando o objeto está bem em cima do ponto de fuga, isso causa uma grande confusão quando está estudando perspectiva, mas não se preocupe eu vou explicar tudo no próximo exemplo.


  Como o gato resolveu sentar bem na frente do ponto de fuga a coisa ficou meio complicada de desenhar mas relaxa.

  Pense assim o objeto "tema" está a frente do ponto de fuga, então o que estiver a frente dele vai sobrepor, por exemplo as patas do gato estão escondidas atrás das pedras,  e o gato está escondendo o fundo com os morros, isso da uma pequena noção de profundidade mas não para por ai.

 O desenho ainda está muito confuso, pois só tem linhas, faltam sombras e também o que chamamos de perspectiva tonal.




 Aqui temos as cores todas no mesmo tom ainda fica tudo meio confuso, não da pra saber quem está a frente e quem está atrás, então pense assim, primeiro vamos imaginar um ponto de  luz, imagine que ele está no canto superior da imagem, do lado oposto à minha assinatura.

 Com isso teremos a luz e a sombra, a sombra irá se projetar atrás dos objetos como no exemplo a seguir.



Depois irei fazer uma matéria sobre sombra e luz.

  Agora temos uma pequena noção de profundidade, mas mesmo assim ainda está tudo muito confuso, então o que devemos fazer é mudar a saturação dos planos, isso em arte digital é simples de fazer, é só mudar a saturação de cada objeto, já na arte tradicional deve se ter um pouco mais de cuidado, se quiserem que eu fale um pouco sobre isso deixem comentários, pois arte tradicional vai demandar mais uma matéria.

  Enfim o fundo que seria em azul e estaria mais saturado, ou seja a grosso modo mais cinza (chamamos isso em pintura a óleo de cinzas cromáticos) as árvores mais a frente estariam um pouco menos saturadas.


 Agora com o cenário mais saturado o tema que é gato vem mais a frente do desenho, mais ainda falta mais sombras e claro a luz, então vamos apenas prestar atenção no tema.

 Vamos trazer o tema mais para frente e jogar o cenário mais para fundo com luz e sombra.


Com um pouco mais de  sombra e luz o tema que é o gato fica mais aparente e chama mais atenção do que o fundo, uma dica importante, tanto em desenho colorido quanto em desenho preto e branco, nunca use menos de 3 tons de saturação, sempre use mais de três, eu sei que em animes os desenhos tem apenas duas tonalidades de cor (preste atenção quando estiver vendo animes a maioria tem só dois tons que definem sombra e luz), mas isso fica estranho quando estiver fazendo um desenho então sempre lembre disso use mais de três tons cores ou de cinzas no caso do desenho preto e branco.

E sim isso funciona muito bem em desenho preto e branco eu sempre faço isso nos meus desenhos em nanquim usando a técnica do nanquim aguado mas isso é outro assunto.

- Na boa Haw esse desenho está uma merda não aprendi nada com ele.

- Na boa cara se a única coisa que você vê é o desenho simples então é melhor você procurar um psicólogo você deve ter algum déficit de atenção ou de aprendizado, ou você deve tá assistindo muito Naruto vai saber. 

T udo isso que eu falei para vocês são técnicas usadas a muito tempo, alias o gato vesgo ficou meio impressionista que é uma técnica de pintura muito linda.

E aqui tem um quadro de minha autoria onde vocês podem observar tudo o que eu disse.


É isso ai galera se ficou alguma duvida por favor perguntem, ainda tem muita coisa para falar sobre perspectiva então quanto mais comentários surgirem melhor fica para eu formular uma matéria.

Até semana que vem. 

A e lembrando não tive tempo para fazer uma revisão de novo desculpe algum erro. 

Share this

Related Posts

4 comentários

comentários
25 de fevereiro de 2014 13:40 delete

muito bom. cara, eu queria saber pq a implicância com Naruto? rss

Reply
avatar
25 de fevereiro de 2014 17:01 delete

Obrigado pelo comentário, a quanto a implicância é só pra ser chato mesmo kkkk

Reply
avatar
27 de fevereiro de 2014 01:24 delete

Cara eu to adorando suas postagens. Se vc sem tempo faz umas materias boas dessas queria saber o q fazeria com um tempo livre. Bem eu queria saber se vc poderia fazer algumas postagens dando algumas dicas como, aquela do nanquim molhado eu nao sei fazer. E eu tambem to tendo duvida como criar personagens fofos e fodas, nao sei o q q tem q colocar no rosto para eles ficarem com essas caracteristicas, como para ser fofo o personagem te q ter bochecha grande, queicho fino e etc. E tambem to com duvida como d como escolher um olho para um personagem pq isso afeta muito na caracteristica.

Reply
avatar
27 de fevereiro de 2014 10:59 delete

Olá André Felipe.

Obrigado por acompanhar o blog, fico feliz que esteja gostando das matérias.

São muito pedidos de técnicas diferentes, acho melhor eu falar um pouco sobre personagens "fofos" primeiro, para falar sobre técnicas com nanquim iria demorar um pouco mais, mas vou fazer uma matéria sobre arte final sim, na outra semana eu falo um pouco sobre personagens "fofos" e suas características, então esse assunto fica para 11 de março, já que no dia 4 seria uma matéria extra.

Obrigado pelas ideias eu irei fazer algo a respeito delas.

Até mais.

Reply
avatar

Lembre-se eu vou ler seu comentário, apenas pense antes de escrever.

Contato

ricardohaw@gmail.com

Latest Post

Creative Commons

Licença Creative Commons
O trabalho Como Desenhar-mangá de Ricardo Haw está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://comodesenhar-manga.blogspot.com.br/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://comodesenhar-manga.blogspot.com.br/.